Historias Mínimas

                                          

A Simplicidade no Cinema

 Neste quarto filme de Carlos Sorin, Diferentes histórias de personagens de um mesmo povoado: uma jovem que ganha um prêmio de um programa de TV, um velho que sai em busca de seu cão fugitivo e um homem que pretende o amor de uma mulher que é sua cliente. Cada um deles viaja por sua conta pelas solitárias rotas da Patagônia, onde suas histórias se entrecruzam. O Forte do filme é justamente a simplicidade e as boas atuações dos atores principais Javier Lombardo, Antonio Benedicti e Javiera Bravo. O filme é sobre esperanças, humildade e o peso da idade na vida de qualquer um idoso. O final já esperado não tira o charme desta otima fita Argentina. Não tem jeito, em Futebol o Brasil é melhor que a Argentina, agora em cinema, os nossos ”hermanos” são muito melhores. Afinal, eles não falam só de miseria e nudez, como os ”hermanos” brasileiros falam.

Nota: 9.0

Anúncios

2 Respostas

  1. Bah, nem conhecia esse filme.

  2. Lindíssimo e dificílimo de se ter acesso, pelo menos aqui no RJ. Aliás, já virou costume aqui na cidade maravilhosa relegarem os grandes filmes a segundo plano e salas minúsculas (foi assim com a banda, Não Estou Lá e Na Natureza Selvagem).

    Discutir a imprensa?
    http://robertoqueiroz.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: