Monika e o Desejo

”Ingmar Bergman é o único Gênio da Historia do Cinema” – Woody Allen em Manhattan

Na Suécia no Verão de 1953, Monika conhece Harry em um bar na capital
Estocolmo. Os dois começam a sair e logo se apaixonam. O casal acaba fugindo
de suas vidas chatas para viver uma intensa e inesquecível aventura de amor.

Com um filme ousado e sensual para a época, Ingmar Bergman entrega mais um
longa maduro, enxuto e sensivel. Monika e o Desejo é um filme romântico acima de tudo. Um filme com uma historia simples, mas bem feita, bem atuada. O final do filme faz o espectador pensar: ”Séra que é possível existir um casal perfeito? Um casal feliz?”

Já assisti mais de dez filmes de Ingmar Bergman, e considero este um dos melhores já dirigidos pelo mestre. E sem exageros, cada vez mais eu vou confirmando que o Bergman é o maior mestre da historia do cinema, na frente de nomes como Steven Spielberg, Alfred Hitchcock e Charles Chaplin.

Onde quer que você esteja, parabéns Bergman por mais esta Obra-Prima. Você é Eterno.

Nota: 9.0

Um Rosto na Noite

: :
Em mais uma Obra-Prima de Luchino Visconti, um dos grandes diretores italianos de todos os tempos, vemos um filme belíssimo e emocionante baseado na obra de Fyodor Dostoyevsky.

Mario sae pela noite e acaba conhecendo nas ruas italianas Natalia. De cara ele se apaixona por ela. Mas depois, ela acaba contando que esta esperando por Tenant, um homem que ela se apaixonou um ano atrás e esta esperando por ele.

Neste belo longa de 1957, vemos uma ótima fotografia (talvez a melhor em preto e branco que assisti até o momento) muito bonita. Vemos uma direção segura e atuações fantásticas. Aliás, Marcelo Mastroianni que interpreta Mario, dá um show de interpretação. Sem sombra de dúvidas um dos melhores atores de todos os tempos. Ele atua com uma segurança que lembra outros monstros sagrados como Robert De Niro, Marlon Brando e Daniel Day-Lewis.

Para finalizar, digo que é mais um marco na historia do cinema italiano, que brilhou mais do que nunca nas décadas de 40, 50 e 60. Um Rosto na Noite já entra para o meu Top 30 melhores filmes de todos os tempos. Um filme simples, mas honesto e tocante. Um marco.

Nota: 9.1

: :

Na Roma dos Anos 40, Antônio consegue arranjar um emprego, mas para isso precisa de uma bicicleta. Maria sua esposa, tem a idéia de vender alguns lençóis da cama, para conseguir o dinheiro nessessario. Depois de conseguir o dinheiro, eles compram a bicicleta. Só que no primeiro dia de trabalho, um ladrão rouba a bicicleta de Antônio. A partir dai, ele e seu filho, Bruno, saem em uma jornada pela cidade, para tentarem encontrar a bicicleta.

Neste longa de 1948, dirigido por Vittorio de Sica (que é talvez o segundo melhor diretor italiano da historia, perdendo apenas para o imbatível e inesquecível Federico Fellini) emoção é o que não falta. A historia lembra um pouco o recente ”Em Busca da Felicidade” estrelado por Will Smith. As situações deste filme lembram muito a situação do Brasil, a pobreza das pessoas. Se um rico perde uma bicicleta ele pensa ”Há tranqüilo, vou ali agora na loja e compro outra”, agora se uma pessoa sem dinheiro tem uma bicicleta roubada, o mundo desaba. Principalmente se a pessoa necessita da bike para trabalhar, como no caso de Antônio.

Personalidades como Marlon Brando, Stanley Kubrick dentre outros, elegeram Ladrões de Bicicletas como um dos melhores e mais emocionates filmes já feitos para a telona. Não por acaso, este belíssimo trabalho ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Um Filme inesquecível e para ser lembrado para sempre. Forever and Ever.

Ah, e não tem como, as décadas de 40, 50 e 60 são as melhores da historia do cinema, o resto é novela!

Nota: 9.1

Os Pássaros

Melanie viaja para uma cidade do interior para entregar um casal de
periquitos para uma família. Mas ao começar a andar pela cidade, descobre
uma rebeldia dos pássaros do local, que começam a atacar as pessoas.

Em mais este clássico, o Mestre do Suspense, Alfred Hitchcock prova mais
uma vez que é um gênio. A maneira como conduz a trama é incrível, os
atores, os pássaros. Uma prova de sua genialidade é a cena em que o posto
de gasolina pega fogo, então se mostra no céu, o posto lá embaixo e os pássaros
indo em direção dos pedestres. Quem assistiu o filme, sabe do que eu estou falando.

E outro fator altamente positivo, é o fato de o longa ser inteligente, ter uma trama adulta, mas não deixar de ser leve e ter um bom humor. Assisti pela primeira vez este recentemente, mas desde já é um dos melhores filmes de terror que assisti. Os Pássaros com certeza foi um marco para os filmes deste gênero, e um marco na carreira deste, que é considerado por muitos, o melhor diretor de todos os tempos.

Nota: 9.0

O Melhor Diretor de Todos os Tempos

Em uma pesquisa feita na comunidade do Cinema Europeu na Internet, com mais de 1000 votos se escolheu o japonês Akira Kurosawa como o maior diretor de todos os tempos! Kurosawa dirigiu clássicos do cinema como ”Rashomon (1950)”, ”Os Sete Samurais (1954)” , ”Ran (1985)” dentre outros grandes filmes. O diretor oriental ficou na frente de outros pesos pesados como Hitchcock, Chaplin e Kubrick. Os 20 mais votados:

01 Akira Kurosawa
02 Alfred Hitchcock
03 Charles Chaplin
04 Pedro Almodovar
05 Stanley Kubrick
06 Woody Allen
07 Krzysztof Kieslowski
08 Ingmar Bergman
09 Billy Wilder
10 Martin Scorsese
11 Federico Fellini
12 Fritz Lang
13 Francis Ford Coppola
14 Quentin Tarantino
15 Bernardo Bertolucci
16 Yasujiro Ozu
17 Steven Spielberg
18 David Lean
19 Clint Eastwood
20 David Lynch

Balanço Mês de Setembro

Otimo Mês, Vários Clássicos na parte do Cinema. Cada vez mais eu me apaixono pela sétima arte.

9.2 Três Homens em Conflito
9.0 Jackie Brown
8.9 A Lista
8.9 O Fabuloso Destino De Amelie Poulain
8.9 A Fonte da Donzela
8.9 Sonata de Outono
8.9 O Amor nos Tempos do Cólera
8.9 O Olho do Diabo
8.9 Vida de Menina
8.9 O Fantasma da Liberdade
8.5 A Fraternidade é Vermelha
8.5 O Encouraçado Potemkin
8.0 Lawrence da Árabia
8.0 Cidadão Kane
8.0 A Igualdade é Branca
8.0 A Liberdade é Azul
8.0 A Trágedia de Macbeth
8.0 No Limiar da Vida
8.0 O Anjo Exterminador
8.0 Historias Extraordinarias
8.0 Invasão de Privacidade
7.9 Meu Monstro de Estimação
7.5 Nazarin
6.0 8 ½