Monika e o Desejo

”Ingmar Bergman é o único Gênio da Historia do Cinema” – Woody Allen em Manhattan

Na Suécia no Verão de 1953, Monika conhece Harry em um bar na capital
Estocolmo. Os dois começam a sair e logo se apaixonam. O casal acaba fugindo
de suas vidas chatas para viver uma intensa e inesquecível aventura de amor.

Com um filme ousado e sensual para a época, Ingmar Bergman entrega mais um
longa maduro, enxuto e sensivel. Monika e o Desejo é um filme romântico acima de tudo. Um filme com uma historia simples, mas bem feita, bem atuada. O final do filme faz o espectador pensar: ”Séra que é possível existir um casal perfeito? Um casal feliz?”

Já assisti mais de dez filmes de Ingmar Bergman, e considero este um dos melhores já dirigidos pelo mestre. E sem exageros, cada vez mais eu vou confirmando que o Bergman é o maior mestre da historia do cinema, na frente de nomes como Steven Spielberg, Alfred Hitchcock e Charles Chaplin.

Onde quer que você esteja, parabéns Bergman por mais esta Obra-Prima. Você é Eterno.

Nota: 9.0

Anúncios

2 Respostas

  1. E eu conheço tão pouco da filmografia daquele que Woody Allen chama de gênio…. Acho que o único filme do Bergman que vi foi “Fanny e Alexander”. E eu adoro este longa.

  2. É outro que ainda não vi!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: