Um Drink no Inferno

9ac30f79-0d60-4a6e-a485-5d399c12ff90_vampires_from_dusk_till_dawn

:

Tem filmes que mexem com a gente de uma forma muito pessoal. Um Drink no Inferno (From Dusk Till Dawn, 1996) é um desses filmes. A maioria das pessoas podem até achar um filme comum, esquecivel e de mero entretenimento. Mas pessoalmente é um dos filmes que mais me marcaram.

Na historia, os irmãos  Seth (Clooney) e Richard Gecko (Tarantino) são dois fugitivos da policia dos Estados Unidos. Eles tem que se encontrarem com um amigo no México para uma grande transação de dinheiro. Então combinam de se encontrarem em uma Boate no México chamado Titty Twister. Para tentar atravessar a fronteira entre EUA e México, sequestram  uma família que possui um Trailer. Depois de atravessarem a fronteira com sucesso, eles chegam ao local. Mas acabam encontrando uma situação totalmente sobrenatural.

O roteiro de Quentin Tarantino e a direção de Robert Rodriguez foi simplismente perfeita. Tarantino vinha simplismente com um Oscar de Melhor roteiro pelo aclamado ”Pulp Fiction” e Rodriguez tinha acabado de dirigir ”Desperado”. Além da dupla de amigos cineatas, temos o ótimo elenco. Com destaque para George Clooney, Harvey Keitel, Salma Hayed e Juliette Lewis. A fotografia é competente, os efeitos especiais e maquiagem dão o tom de Horror-Trash e a trilha sonora é maravilhosa. Tudo numa sincronia perfeita.

O longa teve duas continuações esqueciveis, mas com a assinatura dos produtores Robert Rodriguez e Quentin Tarantino. Mas este filme original é que é marcante. É um filme que vi pela primeira vez há cerca de seis anos atrás, quando eu ainda era uma criança, e ainda hoje assisto e gosto muito.

Nota: 9.7

Top Hypado #4

Anúncios

5 Respostas

  1. Em se tratando de “Um Drink no Inferno”, estou com a maioria. O filme não me marcou. No mínimo, é um bom entretenimento.

  2. Top? Wow, preciso vê-lo então. Deve valer pelo elenco e cineasta.

    Ciao!

  3. Uma das produções trash mais fantásticas que eu já em toda a vida. Por que o Robert Rodriguez não trouxe um pouco desse espírito para Planeta Terror?

  4. Kamila, é realmente a maioria que pensa assim, infelizmente.

    Wally, Veja.

    Pedro Henrique, Baita filme [2]

    Roberto Queiroz, Pois é. Planeta Terror é bom, mãs não tanto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: